Inspiração do poeta

Sempre que há algo triste em meus pensamentos, ou que está incomodando o bom andamento do dia eu procuro alimentar a alma e acalmar com coisas de Deus. Abaixo uma contribuição do Momento Espirita:

 
Conta-se que, num dia qualquer, o compositor Almir Sater estava em São Paulo para uma temporada. Em certo momento, desceu do seu apartamento para tomar um cafezinho num mercado ali perto.
Encontrou um amigo, que o convidou para experimentar uma viola que acabara de comprar. Enquanto tomavam café, Almir dedilhou a viola e soltou a voz:
Ando devagar… ao que o amigo emendou… porque já tive pressa.
Dizem que essa maravilha chamada Tocando em frente, ficou pronta em dez minutos. Um dia, alguém perguntou ao Almir como essa música fora feita e ele respondeu: Ela estava pronta. Deus apenas esperou que eu e o Renato nos encontrássemos para mostrá-la para nós.
Será verdade ou será mais uma dessas lendas que se inventam, a respeito de pessoas célebres e suas produções?
Lenda ou verdade, não importa. O que sabemos é que a inspiração existe e disso entendem muito bem os gênios de todos os matizes.
E a letra e música de Tocando em frente são uma joia rara.
Convidam-nos a parar em meio à correria, a viver com mais vagar, como a saborear cada momento.
Também nos recordam que, na vida, lágrimas e sorrisos se sucedem.
Assim dizem os versos:
Ando devagar porque já tive pressa.
E levo esse sorriso, porque já chorei demais.                                        
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe…
Eu só levo a certeza de que muito pouco eu sei, eu nada sei…
Há tanto para aprender. E quantos cremos ser superiores, por entendermos disso ou daquilo. E, contudo, quem verdadeiramente se dedica a aprender, descobre que quanto mais aprende, mais há a ser pesquisado, descoberto.
Conhecer as manhas e as manhãs, o sabor das massas e das maçãs.
O planeta Terra é o grande laboratório Divino em que provamos a dor, a alegria. Em que nos extasiamos ante a manhã que se espreguiça e nos encantamos com a riqueza das pessoas.
Cada uma com seu talento especial, sua forma de ser, de agir em nossas vidas.
E, neste planeta de provas e expiações, com quantas delícias nos agracia Deus. Sabores de frutas, consistências inúmeras.
É preciso tudo provar. Aprender a degustar, reconhecendo o sabor de cada fruta, do trigo transformado em pão, do grão triturado, moído, servido com aroma de café.
Mas é preciso o amor pra poder pulsar, é preciso paz pra poder sorrir, continua cantando o inspirado poeta.
Sim, o amor nos é imprescindível porque fomos criados e somos mantidos pelo amor de Deus, trazendo essa essência Divina em nossa intimidade.
E somente sorri, num mundo de tanta perversidade ainda, quem já descobriu o segredo da vida na Terra, que se chama oportunidade e progresso.
Por isso, cada um de nós compõe a sua história. E cada ser em si, carrega o dom de ser capaz, de ser feliz.
E, como todo mundo ama, todo mundo chora, não esqueçamos que um dia a gente chega, no outro vai embora.
A vida é transitória. Aproveitemo-la, ao máximo, vivendo com a família, os amigos. Produzindo na sociedade, deixando nossas marcas de luz para, como alguém já falou, quem venha atrás, possa dizer: Por aqui passou um ser iluminado. Uma estrela…

Redação do Momento Espírita

Em 23.08.2012.

fonte: www.momento.com.br

Anúncios

Preciso de uma noite estrelada pra admirar. Sentir a brisa gelada da madrugada para curar esse porre de rotina e de cidade. Desligar as luzes dos postes para poder enxergar a verdadeira luz da noite. E se a lua é dos apaixonados, lembrar das poesias mais românticas para penetrar no mais profundo e delicado estado de felicidade. Desconectar de tudo o que bloqueia o coração de tudo que transforma a personalidade e nos deixa e uniformizados pelo sistema. Preciso descobrir a verdadeira essência de cada sopro de vida. Preciso por um instante agir instintivamente e expressar o que vem do inconsciente. Preciso definir prioridade de cada momento verdadeiramente e sob minha própria analise. Preciso abrir os olhos para dentro do meu ser e encontrar cada sentimento que toma conta da minha existência e me transforma em um EU autêntico.

Feliz Ano Novo

2009 foi um ano bom. A humanidade está aprendendo a ser mais solidária. As pessoas passam a se importar mais com o bem estar das outras, mas, sobretudo com o próprio bem estar. E eu digo bem estar não apenas quando não falta nada, quando se tem comida, roupa, emprego, etc. O bem estar a que eu me refiro é quando cada um busca prazer naquilo que faz. Quando procura fazer algo pra ficar de bem. É gratificante fazer o que gosta, e gostar do que faz, então, não tem preço! É quando o prazer está na rotina, no cotidiano. E para o laser, o prazer de ler um bom livro e poder levar aquele conhecimento pro resto da vida, conseguir analisar através de histórias de ficção, conhecimento cientifico, técnico os pequenos detalhes que geralmente fazem a diferença na nossa vida. No meio da comunicação é possível conhecer muitos tipos de livros, revistas, músicas principalmente, pessoas e sempre conseguir tirar proveito de cada situação. Tive a oportunidade de participar em Novembro do Seminário Internacional da Comunicação na PUCRS, no qual houveram três palestras de Michel Maffesoli, além de outros pensadores que discutiam sobre o imaginário. Como é impressionante quando criamos personagens em nossa vida, e, são raros momentos em que conseguimos conversar com eles, – pois na verdade estão em nossos pensamentos – eu fico fascinada quando para pra pensar como cada coisa consegue representar sentimentos e despertar sentimentos. A partir disso consigo ter uma visão mais critica a respeito do prazer, a imaginação é a principal responsável pelo nosso prazer, fazer qualquer coisa e tornar isso prazeroso só depende da criatividade. E todos os sentidos estão no cérebro! Feliz 2010 e aproveite cada instante!!!

Felicidade

Estou passando por uma fase muito legal.. estou me divertindo muito com meus novos amigos e, principalmente, cada dia eu gosto mais do que eu faço, fazia algum tempo que eu não levantava de manhã animada… e ultimamente todos os dias são lindos.

Estou feliz pois estou fazendo muitos novos amigos… e ontem, encontrei muitos velhos..

 

Bjo só pra quem gosta de mim

e  o findi se aproxima temos que combinar, pessoal do Lado B, algo pra fazer Urgente!!!

Às vezes, não há nenhum aviso. As coisas acontecem em segundos. Tudo muda. Você está vivo. Você está morto. E as coisas continuam.

Somos finos como papel. Existimos por acaso entre percentagens, temporariamente. E esta é a melhor e a pior parte, o fator temporal. E não há nada que se possa fazer sobre isso. Você pode sentar no topo de uma montanha e meditar por décadas e nada vai mudar. Você pode mudar a si mesmo para ser aceitável, mas talvez isso também esteja errado. Talvez pensemos demais. Sinta mais pense menos.

(Charles Bukowski)