Mesmo que mude

Ela vai mudar,
Vai gostar de coisas que ele nunca imaginou
Vai ficar feliz de ver que ele também mudou
Pelo jeito não descarta uma nova paixão
Mas espera que ele ligue a qualquer hora

Para conversar
E perguntar se é tarde pra ligar
Dizer que pensou nela
Estava com saudade
Mesmo sem ter esquecido que

É sempre amor, mesmo que acabe
Com ela aonde quer que esteja
É sempre amor, mesmo que mude
É sempre amor, mesmo que alguém esqueça o que passou

Ele vai mudar,
Escolher um jeito novo de dizer “alô”
Vai ter medo de que um dia ela vá mudar
Que aprenda a esquecer sua velha paixão
Mas evita ir até o telefone

Para conversar
Pois é muito tarde pra ligar
Tem pensado nela
Estava com saudade
Mesmo sem ter esquecido que

É sempre amor, mesmo que acabe
Com ele aonde quer que esteja
É sempre amor, mesmo que mude
É sempre amor, mesmo que alguém esqueça o que passou

Para conversar
Nunca é muito tarde pra ligar
Ele pensa nela
Ela tem saudade
Mesmo sem ter esquecido que

É sempre amor, mesmo que acabe
Com ele aonde quer que esteja
É sempre amor, mesmo que mude
É sempre amor, mesmo que alguém esqueça o que passou

(Bide ou Balde)

Anúncios

Guilty undertaker sighs

Lonely organ grinder cries

Silver saxophone say I

I should refuse you

Cracked bells and washed out horns

Blow into my face with scorn

It’s not that way

I wasn’t born to lose you

 

I want you

I want you

I want you

So bad

 

Drunken politicians leap

Under the streets where mothers weep

Saviours lying fast asleep

They wait for you

I wait for them to interrupt me

Drinking from my broken cup

And ask for me

To open up the gate for you

 

I want you

I want you

I want you

So bad

 

All my fathers, they’ve gone down

True love, they live without it

And all their daughters, they still put me down

Because I think about it

 

I returned to the Queen of Spades

Talked with my chambermaid

She knows that I’m not afraid to look at her

She’s good to me

There’s nothing she don’t see

She knows where I would rather be

But that doesn’t matter

 

Dancing child with his shiny suit

He spoke to me, I took his flute

No, I wasn’t that cute to him

Was I?

I did it all because

He lied

Because he took you for a ride

Because time was on his side

Because I want you

I want you

I want you

So bad

 Bob Dylan

não me entrego sem lutar tenho ainda coração

não aprendi a me render

que caia o inimigo então

tenho os sentidos já dormentes, o corpo quer a alma entende…

sei lá se é a alma que entende de alguma coisa ou só é seguida pelas emoções que o corpo sente.. não sei também se existe algum sentido nisso, mas eu sei de mim e sei que a partir de agora estou conseguindo racionalizar muita coisa coisa e você é uma delas, o sentimento que vai se acabando e a razão toma conta….

agora eu sou metal, fria, gelada e tenho sentimentos puramente egoístas que me fazem sentir muito melhor, tudo isso só me fez aprender e saber o que se deve fazer a respeito de algumas coisas em relação a relacionamentos… a partir de agora terei relacionamentos superficiais com todos… me entregarei à uma única pessoa do qual tenho certeza que me ama mais que tudo nesse mundo, pra sempre e sem limites: EU!!! é isso mesmo a unica pessoa que posso me entregar enteiramente e ter sentimentos de cumplicidade amizade, amor e tudo que for em relação a outro alguém sou eu mesma nesse caso tenho certeza que serei correspondida. é meio egoísta querer ser correspondido, mas o que eu quero é evitar qualquer tipo de dor nesse sentido e qualquer tipo de decepção…

 

mas…

sei que devo resistir e quero a espada em minhas mãos, pois não me entrego sem lutar

Inspiração: Renato Russo

e tudo passa, tudo passará

 

E nossa história
Não estará
Pelo avesso assim
Sem final feliz
Teremos coisas bonitas pra contar
E até lá
Vamos viver
Temos muito ainda por fazer
Não olhe pra trás
Apenas começamos
O mundo começa agora, ahh!
Apenas começamos.

encontro ou despedidas?

Mande notícias do mundo de lá
diz quem fica
Me dê um abraço, venha me apertar
tô chegando
Coisa que gosto é poder partir
sem ter planos
Melhor ainda é poder voltar
quando quero

Todos os dias é um vai e vem
a vida se repete na estação
Tem gente que chega pra ficar
Tem gente que vai pra nunca mais
Tem gente que vem e quer voltar
Tem gente que vai e quer ficar 
Tem gente que veio só olhar
Tem gente a sorrir e a chorar

E assim chegar e partir
são só dois lados
da mesma viagem
O trem que chega
é o mesmo trem da partida
A hora do encontro
é também despedida
A plataforma dessa estação
é a vida desse meu lugar
é a vida desse meu lugar
é a vida...

Maria Rita

é a vida é assim mesmo, mas não vamos nos conformar, por favor!

Começou de súbito
A festa estava mesmo ótima
Ela procurava um príncipe
Ele procurava a próxima

Ele reparou nos óculos
Ela reparou nas vírgulas
Ele ofereceu-lhe um ácido
E ela achou aquilo o máximo

Os lábios se tocaram ásperos
Em beijos de tirar o fôlego
Tímidos, transaram trôpegos
E ávidos gozaram rápido

Ele procurava álibis
Ela flutuava lépida
Ele sucumbia ao pânico
E ela descansava lívida

O medo redigiu-se ínfimo
E ele percebeu a dádiva
Declarou-se dela o súdito
Desenhou-se a história trágica

Ele enfim dormiu apático
Na noite segredosa e cálida
Ela despertou-se tímida
Feita do desejo a vítima

Fugiu dali tão rápido
Caminhando passos tétricos
Amor em sua mente épico
Transformado em jogo cínico

Para ele uma transa típica
O amor em seu formato mínimo
O corpo se expressando clínico
Da triste solidão a rubrica

era provar pra todo mundo que eu não precisava…

… provar nada pra ninguém

mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira

agora acho que estou curada de tudo isso e percebi de verdade que o que não mata fortalece, estou tão forte agora que nem acredito e de tão fraca que eu me senti, acabei ficando forte e preparada pra tudo, será que estou endurecendo?

e às vezes o que eu vejo quase ninguém vê! sei lá mas parece que as músicas dizem tudo

eu sempre tenho certeza do que sinto e o que quero, mas acho que isso não me faz muito bem, é as coisas são assim mesmo, à dúvida é o preço da certeza, não sei se é bem isso, mas tem coisas que me fazem mal e às vezes me sinto tão indiferente a tudo que me sinto bem, parece que estou sempre esperando algo acontecer e nada acontece, deve ser porque espero de mais, das coisas e das pessoas e então me decepciono, que vida

e agora, parece que até as estações muduram de lugar. e eu, continuo aqui parada e esperando por alguém, por algo, por você…

e a culpa é de quem? não precisa achar um culpado pra nada a culpa nunca é de ninguém e é de todos

tudo deve passar, sim, tudo passa, tudo

de volta pra casa, fico pensando em mil coisas, tento fazer planos e, tenha certeza, você não está incluido neles, não tá mesmo!! aliás, agora, eu acho que nunca esteve em nada do que é meu, você era meu, e eu minha e minhas coisas eram minhas, minha vida e tudo, vc era uma espécie de algo mais, que me deixava bem e que agora não deixa mais, na verdade, acho que deixa mal,

tenho que disfarçar coisas que pra mim antes eram normais, nunca precisei fingir nada, e agora preciso, nem sei fazer isso direito

“não estou mais interessado no que sinto

não acredito em nada além do que duvido

você espera respostas que eu não tenho

sou um animal sentimental, me apego facilmente ao que desperta meu desejo

acho que entendo o que você quis me dizer mas existem outras coisas

tudo esta perdido mas existem possibilidades

tínhamos a ideia mas você mudou os planos, tínhamos um plano mas você mudou de idéia..”

 

é

“quero me encontrar mas nao sei onde estou…

tenho quase certeza que eu não sou daqui…

vai ver que é assim mesmo e vai ser assim pra sempre, vai ficando complicado e ao mesmo tempo diferente..

me deixa ver como viver é bom..

 

você não quis tentar me ajudar…

 

e a culpa é de quem?

eu canto em português errado, acho que o imperfeito não participa do passado, troco as pessoas troco os pronomes. preciso de oxigênio, preciso ter amigos, preciso de dinheiro

 

acho que te amava, agora acho que te odeio…”

 

 

música legal Kid Abelha

eu tou tentando largar o cigarro
eu tou tentando remar meu barco
eu tou tentando armar um barraco
eu tou tentando não cair no buraco 

eu tou tentando tirar o atraso
eu tou tentando te dar um abraço
eu tou penando pra driblar o fracasso
eu tou brigando pra enfrentar o cagaço

eu tou tentando ser brasileiro
eu tou tentando saber o q é isso
eu tou tentando ficar com Deus
eu tou tentando q Ele fique comigo 

eu tou fincando meus pés no chão
eu tou tentando ganhar um milhão
tou tentando ter mais culhão
eu tou treinando pra ser campeão

eu tou tentando ser feliz
eu tou tentando te fazer feliz

eu tou tentando entrar em forma
eu tou tentando enganar a morte
eu tou tentando ser atuante
eu tou tentando ser boa amante

eu tou tentando criar meu filho
eu tou tentando fazer meu filme
eu tou chutando pra marcar um gol
eu tou vivendo de roquenrol